Menu CPAD

Como aumentar as vendas durante a crise

aumentarvendas

Com alta de juros, inflação e economia desaquecida, boa parte dos consumidores já começou a mudar os hábitos de compra. Supérfluos saem da lista primeiro. Depois, a tendência é aumentar o intervalo entre as compras e, claro, pensar cada vez melhor antes de colocar a mão no bolso.

Segundo o IBGE, de janeiro a junho deste ano, as vendas caíram 2,2%, fazendo deste o pior semestre dos últimos 12 anos. Para as pequenas empresas, todo esforço em marketing e vendas pode fazer diferença no resultado de 2015. "A primeira coisa é vender confiança. As pessoas não estão comprando porque estão desconfiadas", diz José Ricardo Noronha, especialista em vendas e professor do MBA da FIA. Uma estratégia que pode ter um custo menor, segundo Carlos Cruz, diretor do Ibvendas, é usar o potencial do cliente que já existe no mailing da sua empresa. "Uma saída é pegar o cliente que já compra. Ele fica mais exigente e talvez esteja comparando seu produto com outros. É preciso habilidade para manter relacionamento e gerar valor com seus diferenciais", afirma. Veja abaixo as dicas de Cruz e Noronha para convencer o cliente em tempos de crise.

1. Mostre valor
"Convença o cliente sobre o retorno do investimento. O vendedor precisa fazer enxergar o problema e ativar a necessidade. Isso demanda mais habilidade, como ter capacidade investigativa e criar confiança", diz Cruz. Para facilitar este processo, é o momento de estreitar ainda mais o relacionamento, para o cliente não esquecer sua marca. Manter contato com ele o tempo todo, com informações sobre produtos e serviços. Cada atendimento tem que ser grande experiência. Hoje, as redes sociais são instrumento poderoso de marketing, fidelização e ampliação dos clientes", afirma Noronha.

2. Tenha um atendimento diferenciado
Cliente indeciso precisa de atenção e paciência. "O vendedor precisa ser acolhedor, se conectar, fazer boas perguntas, agradecer o cliente por estar na loja e colocar-se à disposição o tempo todo, mesmo no final da venda", diz Noronha. Geralmente, segundo o especialista, as melhores experiências são nas pequenas empresas, que conseguem tratar o cliente pelo nome e conhecem demandas e preferências. "Em pequenos comércios toda interação é oportunidade de aprender com o consumidor, vendo preferências, desejos e coisas que ele valoriza."

3. Venda mais para o mesmo
Uma das melhores estratégias para aumentar o faturamento é vender mais para o mesmo cliente. "Uma das coisas é agregar mais produtos e serviços. É um desafio aumentar o ticket médio, mas é preciso aproveitar os clientes que já tem", diz Cruz. Faça uma boa gestão do estoque para entender quais produtos podem ser complementares e vendidos juntos.

4. Treine a equipe
Uma equipe bem preparada pode fazer a diferença em momentos de crise. "Os vendedores têm que ser mais proativos e os gestores devem fazer reuniões com mais frequência, acompanhando números e tendo plano de ação", diz Cruz. Para Noronha, a dica é incentivar a equipe a ter um atendimento personalizado. "Ofereça ao cliente um atendimento personalizado e customizado, ouvindo e entendendo suas demandas, e tentando fazer uma boa conexão entre seus produtos e as necessidades do cliente", diz Noronha.

Fonte: Site pequenas empresas e grandes negócios. 

Sobre

cpad-logo

Com o intuito de tornar o diálogo cada vez mais próximo com você Livreiro, Colportor e Igreja,criamos um espaço exclusivo de relacionamento com nossos parceiros: o site CPAD ATACADO.A partir de agora, de qualquer parte do mundo, você atacadista e revendedor pode obter informações precisas, esclarecer suas dúvidas,fazer seus pedidos, aproveitar promoções exclusivas e ficar por dentro das novidades que envolvem o Setor Comercial da CPAD.

Facebook

Atendimento

 Telemarketing 
      (de 2ª a 6ª das 8h às 18h)
 0800-021-7373 (ligação gratuita)
  Igrejas / Cotas e Assinaturas (opção 2)
 Colportores e Lojistas (opção 3)
 Pastores e demais clientes (opção 4)
 SAC (opção 5)

Rádio CPAD

Clique abaixo para acessar a rádio CPAD.
player media